A Estrada – Jack London

estrada

Passageiro clandestino em trens de carga, vagabundo em busca de comida, príncipe dos piratas de ostras e contrabandista em uma penitenciária. Em A Estrada, Jack London narra as aventuras vividas em sua juventude, no final do século XIX, com o estilo seco, mordaz e contundente que influenciaria, anos mais tarde, John Dos Passos, Ernest Hemingway e os autores da Geração Beatnik.

Publicado originalmente em 1907, A Estrada retrata os Estados Unidos devastados pela crise de 1894, assolados pelo desemprego e habitados por hordas de famintos. Este período, conhecido como a primeira Grande Depressão, deixou um sexto dos trabalhadores norte-americanos sem ocupação. Uma marcha, organizada pelo “General Coxey”, reunia 2 mil famintos para cobrar medidas emergenciais do governo, em Washington. Foi quando Jack London misturou-se ao destino de outros hobos, como eram conhecidos os desocupados que vagavam pelas cidades, e tomou a Estrada para se somar ao exército dos miseráveis.

Viajou nas ferragens dos trens, passou fome, dormiu ao relento, foi humilhado, roubado, preso por vadiagem. Mas também enganou, usurpou e, quando se somou ao exército dos desafortunados, não hesitou em usar de artimanhas para sair em vantagem.

Autobiográfico, o livro descreve em nove contos os sete meses em que London caiu na Estrada em busca de liberdade, aventura e alguma oportunidade, experiências decisivas na formação do autor e de sua rejeição à moral burguesa e ao capitalismo. Evidencia seus conflitos acerca do individualismo, da vida selvagem e do engajamento por uma causa coletiva. Revelam a densidade de personagens do submundo que povoam sua obra, assim como sua paixão pelo inaudito. A Estrada inspirou, ainda, George Orwell em Na pior em Paris e em Londres.

 Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Adeus ao Mestre- Harry Bates

Conto integrante do livro ‘Máquinas que pensam’ de Isaac Asimov. Nele temos a história de uma nave alienígena que chega na Terra, trazendo consigo um extraterrestre chamado Klaatu e um robô chamado Gnut. No dia que houve a apresentação deles para os humanos, um homem louco deu um tiro em Klaatu que morreu, deixando Gnut parado na mesma posição que presenciou a morte de seu mestre. Um fotógrafo, Cliff Sutherland, percebe com as suas fotos que Gnut não está completamente parado, que ele muda de posição, então decide passar a noite no local onde está a nave alienígena e descobrir se é verdade que Gnut está se movendo. Dá para ver que o conto é bem ficção científica e é super legal, cheio de mistérios e com uma surpresa no final. Analisando sua coleção de fotos, Cliff encontra uma quase imperceptível mudança nas fotos do robô, que denúncia alguma mobilidade ocorrida de forma imperceptível, pois há uma pequena diferença na posição de seus membros entre uma foto e outra. Sabe-se que a diferença não se deve a nenhuma possível intervenção dos cientistas, pois a imutabilidade daquele robô é total. O desenrolar desses fatos é fantástico…

Clique na imagem acima ou abaixo para o download

Assassinato No Beco – Agatha Christie

Quatro estranhos casos desafiam a inteligência de Hercule Poirot. No primeiro, que dá título ao livro, o detetive belga investiga a morte de uma mulher. Todas as pistas indicam que se trata de um suicídio, mas Poirot desconfia de assassinato. Em ‘O Roubo Inacreditável’, Hercule Poirot é contratado para desvendar o desaparecimento de documentos secretos do governo inglês. Em  ‘O Espelho do Morto’, ele se depara, mais uma vez, com um estranho suicídio. Agora, a vítima é um excêntrico aristocrata, encontrado morto dentro do próprio quarto com todas as portas trancadas pelo lado de dentro. O último caso é ‘Triângulo de Rodes’. Um assassinato brutal é cometido, e um inocente está prestes a ir para a cadeia. Hercule Poirot põe suas “pequenas células cinzentas” para funcionar até descobrir a verdadeira identidade do culpado.

 

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Uma Mulher Misteriosa – Astridy Gurgel

Conto erótico sobre a homossexualidade feminina.

*Conteúdo sexual direcionado ao público adulto

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Cachorros Encrenqueiros se Divertem Mais – John Grogan

Esta coletânea de crônicas escritas por John Grogan, criador de Best-seller Marley & Eu, é uma divertida mas sempre perspicaz análise do mundo e dos costumes contemporâneos, com seus altos e baixos, problemas e encantos.
Esta é a prova do talento de Grogan em transitar pelas mais diferentes áreas, e de trazer para o leitor um ensinamento lúdico sobre a fascinante jornada que une seres humanos e animais.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Sócios no Crime – Agatha Christie

Em Sócios no Crime , Tommy e Tuppence, dois jovens aventureiros, donos da Agência Internacional de Detetives, vêem-se envolvidos na mais fantástica série de aventuras. Para cada caso a ser solucionado, usam o estilo de um famoso e grande detetive: as artimanhas do padre Brown, a irônica e bem-humorada inteligência de Sherlock Holmes, a inigualável sutileza do genial Hercule Poirot. São 23 histórias de tirar o fôlego de qualquer leitor, conduzidas pela inconfundível habilidade de Agatha Christie em criar, a partir do banal e corriqueiro, as situações mais extraordinárias.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

O Batizado da Vaca – Chico Anísio

São vinte contos que Chico Anísio oferece ao público, neste seu primeiro livro: vinte histórias que refletem de maneira descontraída e gostosa, a tragédia e as comédias cotidianas do Rio de Janeiro e de São Paulo. Homem de rádio, televisão, teatro e cinema, Chico Anísio não é apenas um ator extraordinário, um imbatível recordista nacional de bilheteria, como também um grande criador de tipos e situações, um escritor que já cometeu a façanha de redigir dois programas de rádio por dia!

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Fantasmas do Século XX – Joe Hill

‘Fantasmas do século XX’ é muito mais do que um livro – é uma experiência sensorial assustadora e atraente. Considerado o novo mestre do horror, Joe Hill apresenta 17 contos que passeiam por todas as vertentes da literatura de terror: do sobrenatural ao suspense, do thriller à fantasia.Com um texto ágil, ácido, repleto de referências culturais, este livro tem o poder de suscitar sentimentos opostos, fazendo com que o leitor fique ao mesmo tempo aterrorizado com o rumo da história e empolgado com o ritmo da narrativa. Em cada conto, por meio da trajetória de cada personagem – um adorável menino inflável; o filho de Van Helsing; um garoto sequestrado que recebe ligações de um morto; um editor que se vê dentro de um conto de terror; um dono de cinema que se apaixona por um fantasma -, Hill dá vida aos nossos piores pesadelos, nos levando a refletir sobre as atrocidades de que o ser humano é capaz.Profundos, sensíveis e perturbadores, os contos reunidos nesta coletânea permanecem vivos na mente do leitor até muito tempo depois de ele fechar o livro.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Expedição à Terra – Arthur Charles Clarke

Durante séculos, os nossos artistas têm representado cenas da história do planeta morto, povoando-as com seres fantásticos de todos os gêneros, assemelhando-as, mais ou menos, a nós, embora se tenha frequentemente declarado que, pelo fato de sermos répteis, não se segue que toda a vida inteligente tenha, necessariamente, de o ser. Finalmente, após cinco mil anos de pesquisas, descobrimos a forma e a natureza exatas da vida dominante no Terceiro Planeta!

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

A Menina Sem Estrela – Nelson Rodrigues

Este livro traz as famosas Memórias que Nelson Rodrigues publicou no Correio da Manhã entre fevereiro a maio de 1967.

Na visão e no estilo únicos de Nelson Rodrigues, desfilam por estas páginas sua iniciação sexual, o assassinato de seu irmão Roberto, a consagração com Vestido de noiva, o suicídio de Getúlio Vargas, o drama de sua filha Daniela e outros episódios marcados pela tragédia, aos quais ele empresta a sua humanidade e até a pungência do seu humor. Ao fundo, um fabuloso painel do Brasil da metade do século – como só Nelson Rodrigues conseguiria pintar.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 379 outros seguidores