Treinando a Emoção Para Ser Feliz – Augusto Cury

Como em todos os livros do psiquiatra, cientista e escritor Augusto Cury que tenho lido, “Treinando a Emoção para ser Feliz” nos leva a refletir na ciranda de insatisfação que estamos vivendo graças à paranoia do consumismo e da estética que inconscientemente geram uma contração da energia do prazer. O mundo moderno tornou-se uma fábrica de stress. O autor faz um apanhado de informações sobre os males emocionais mais comuns: A SPA e a Síndrome do Pânico.
O único lugar que deveria ser conservado jovem é a emoção. No entanto, a maioria de nós diminui a intensidade de prazer ao longo da vida. Há jovens de 20 anos biológicos com 100 de idade emocional. Envelhecemos emocionalmente quando plantamos menos flores e edificamos mais favelas na memória consciente e inconsciente. Não deveríamos poluir nossa emoção. O autor disserta com base num treinamento para rejuvenescer a emoção:
1- Contemple o belo nos pequenos eventos da vida
2- Irrigue o palco da sua mente com pensamentos agradáveis
3- Pense como adulto e sinta como criança
4- Não sofra por antecipação
5- Proteja sua emoção nos focos de tensão
6- Não seja carrasco de si mesmo
Enriquecido com experiências reais vividas por seus pacientes, o livro nos leva a repensar o estilo de vida que levamos e maneiras práticas de melhorar a qualidade de vida por proteger as nossas emoções.

Emoção é o oxigênio de quem escreve. Esse livro é algo que vale a pena ler.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Você é Insubstituível – Augusto Cury

No livro ‘Você é Insubstituível’, o pisiquiatra Augusto Cury faz um ensaio da biografia do leitor. Cury procura demonstrar no livro a importância de cada ser humano. Suas vitórias e suas conquistas na corrida pela vida. Para Augusto Cury, depois de ter vencido a maior disputa de todos os tempos na luta pelo direito de viver muitas pessoas sentem-se infelizes e desmotivadas. Perderam o entusiasmo e a motivação que o fez vencedor no concurso da vida. Cury argumenta que quando o homem explorar todas as dimensões do universo e dominar as mais complexas tecnologias descobrirá que aínda não dominou a coisa mais relevate da sua vida: as emoções que habitam o seu interior. Diz Augusto Cury que muitos procuram pelo sentido da vida e pela felicidade. Mas, o sentido da vida se encontra num mercado onde não se usa dinheiro, e a felicidade não se encontra nos prazeres imediatos. Todo ser humano no início da sua vida foi um imbatível alpinista e nadador do mundo. Também fez as maiores aventuras por amor à vida. Portanto, nunca deve se dizer que nunca realizou algo de importante e grandioso na vida. Também nunca deve se dizer que é fruto passivo de vontades dos pais. Todos lutaram geneticamente para estar vivo, na corrida para fecundar o óvulo, para conquistar o direito de viver. Dessa forma, devemos livrar-nos do medo, pois, o medo é um péssimo matemático que sempre aumenta e distorce a realidade. Cada ser humano é único . Se você não existisse, com certeza, o universo não seria o mesmo. Cury afirma que o homem sonha em viver dias felizes, mas não sabem conquistá-las. Para ele, há mais mistérios entre a razão e a emoção do os filósofos jamais pensaram. Para o autor, precisamos aprender a navegar nas águas da emoção.  É preciso treinar a emoção para ser feliz e educá-la para superar as perdas e frustrações. É preciso sonhar. Sem sonhos, a vida não tem brilhos. Enfim, viver é não desistir. É entender que cada ser humano é único.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

A Pior Prisão do Mundo – Augusto Cury

Neste livro, Dr. Cury, evidencia que as relações entre pais e filhos precisam passar por uma verdadeira revolução. Pais e filhos, bem como educadores e alunos, dividem o mesmo espaço, respiram o mesmo ar, mas vivem em mundos diferentes. Estão próximos fisicamente, mas distantes interiormente, o que os tornam um grupo de estranhos.
A Pior Prisão do Mundo interessa não apenas aos que desejam compreender com profundidade o cárcere das drogas e os segredos do funcionamento da mente humana, mas também aos que almejam enriquecer sua qualidade de vida e ser livres dentro de si mesmos.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Escola da Vida (Harry Potter no Mundo Real) – Augusto Cury

A estória faz uma paralelo entre dois educadores, um é como a maioria, que apenas transmite conteúdos de forma fria, e cobra de seus alunos à extrema disciplina, a qual limita as habilidades e talentos de seus educandos, fazendo com que sejam apenas ouvintes entendiados e desinteressados pela aula. De outro um professor idealista que vê além, e com essa visão age e se expressa de um modo que assusta aqueles conservadores de uma educação milenar e sem significado. Suas aulas são diferentes e causa inquietação a quem vê, ele sabe o nome de seus alunos antes mesmo de conhecê-los, os coloca frente a frente no círculo. Para ele, os alunos são preciosos e não são generalizados como pestinhas, moleques e bagunceiros pois, não ensina por obrigação, mas pelo amor a vida, as futuras vidas daqueles que um dia o terão como espelho, até mais que seus próprios pais. Será que esperaremos descobrir a morte em vida para fazê-la significativa a nós e a outros?
Com sua informalidade genial, inova as aulas, não restringindo ao simples mundo da sala de aula, porém, produz cenários e faz com que seus alunos envolvam na aprendizagem que realmente fará sentido a eles e será consequentemente significativa e inesquecível.O modo de tratar seus alunos é fascinante porque os respeita como indivíduos capazes.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

O Futuro da Humanidade – Augusto Cury

O Futuro da Humanidade fala sobre a trajetória de Marco Polo, um jovem estudante de medicina que ao entrar na faculdade cheio de sonhos e expectativas, fica chocado ao encontrar, em sua primeira aula de anatomia, a triste cena de corpos sem identificação, estendidos sobre o mármore branco. O Jovem calouro de medicina não consegue aceitar a frieza com que os professores se referem aos corpos, dizendo que ali a identidade não importa, que aqueles corpos não têm nome, são mendigos encontrados mortos na rua sem identidade. Revoltado com a situação, Marco Pólo sai à procura de informações sobre esses personagens aparentemente sem passado, e nessa jornada encontra o excêntrico Falcão, um mendigo que conhece a fundo a mente humana. Apesar da difícil situação em que vive, com seus sonhos frustrados, futuro desfeito e esperanças perdidas, Falcão recupera a sua alegria inata ao conviver com o jovem sonhador. Surge uma amizade entre os dois personagens, a identidade de um dos corpos mutilados nas aulas de anatomia é revelada por Falcão como um ilustre cientista médico que num acidente havia perdido toda a família e a partir daí tinha deixado sua carreira e se tornado um mendigo que terminou morrendo no anonimato. A revelação cai com uma bomba na faculdade onde o atual professor só então percebe a semelhança dos traços do corpo inerte com o antigo fundador daquela universidade. Anos depois, Marco Pólo já recém formado em Psiquiatria, estimulado pelo amigo enfrenta uma grande batalha contra professores e médicos de renome internacional, tentando mudar a abordagem clássica da psiquiatria e os paradigmas da medicina. Ele desafia profissionais de renome para provar que os pacientes com problemas psiquiátricos merecem mais atenção, respeito e dedicação – e menos remédios. Ele utiliza a força do diálogo e da psicologia, e acaba causando uma verdadeira revolução nas mentes e nos corações das pessoas com quem convive. Esse livro representa a luta contra as injustiças e a força de um jovem corajoso, dotado de uma imensa paixão pela vida e pelas pessoas. O Futuro da Humanidade nos leva a uma fascinante viagem pelo mundo da psicologia. Sua linguagem é clara, seus conceitos apresentados de forma simples, nos fazem refletir sobre o rumo que a sociedade está tomando.

Clique na capa do livro ou na  imagem abaixo para o download

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 375 outros seguidores